• (31) 3031-2330
  • arraes@arraeseditores.com.br
Digite o que você procura

123

Ampliação da colegialidade

Técnica de julgamento do art. 942 do CPC

Dê Sua Opinião Sobre o Produto

Autor: Clayton Maranhão, Luiz Henrique Sormani Barbugiani, Rogerio Ribas e Sandro Marcelo Kozikoski (Coordenadores)

ISBN: 978-85-8238-282-0

Edição:

Ano: 2017

Número de páginas: 113

Tipo de acabamento: Brochura

Formato: 16x23cm

Disponível: Em estoque

Selo conselho

Preço

de R$60,00

por R$30,00

Cálculo de frete

 

Detalhes

"A coletânea se propõe ao exame do art. 942 do CPC 2015. Com a extinção dos embargos infringentes (CPC 1973, art. 530), o legislador 2015 instituiu uma técnica substitutiva que resulta na ampliação da colegialidade. Em caso de votação não unânime, em apelação, agravo de instrumento e ação rescisória, o julgamento destes processos prosseguirá com a convocação de outros juízes. Os artigos que compõem a obra se propõem a examinar os aspectos polêmicos da referida técnica, com abordagem do direito intertemporal, dos antecedentes históricos do CPC revogado, a preocupação com a uniformidade da jurisprudência, as adaptações dos regimentos internos das Cortes e demais questões práticas. São examinadas, assim, suas particularidades no exame dos recursos de apelação e agravo de instrumento, em ação rescisória e ainda seus possíveis reflexos nos órgãos colegiais dos Juizados Especiais."

Queremos saber sua opinião

Produto: Ampliação da colegialidade

Como você avalia este produto? *

  1 estrela 2 estrelas 3 estrelas 4 estrelas 5 estrelas
Qualidade

Informação Adicional

Subtítulo Técnica de julgamento do art. 942 do CPC
ISBN 978-85-8238-282-0
Autor Clayton Maranhão, Luiz Henrique Sormani Barbugiani, Rogerio Ribas e Sandro Marcelo Kozikoski (Coordenadores)
Edição
Ano 2017
Número de páginas 113
Tipo de acabamento Brochura

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s, when an unknown printer took a galley of type and scrambled it to make a type specimen book. It has survived not only five centuries, but also the leap into electronic typesetting, remaining essentially unchanged. It was popularised in the 1960s with the release of Letraset sheets containing Lorem Ipsum passages, and more recently with desktop publishing software like Aldus PageMaker including versions of Lorem Ipsum.

Mind